Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O 'flirt' pornográfico

por Cláudia Matos Silva, em 09.12.14

IMG_1620082485384.jpeg

 

Há dias de flirt pornográfico, se isso me faz tão bem ao ego, e tão mal à carteira. Bebo o segundo café do dia, numa esplanada onde reside a esperança, é desta que termino o ultra-fino 'Timbutko' de Paul Auster. Bastam pouco minutos para a certeza de um plano gorado. Sinto-me tentada, em frente a toda a gente, eu a despudorada, naquele enamoramento tão explícito. Estarei a ser observada, mas inconsciente, observo. Não há condições para pegar no livro, abandonado em cima da mesa do café. No telemóvel mais uma ou duas fotos no instagram, espreito as indescrições no facebook, mas o meu sentido teima. Levanto-me e vou directo ao alvo do meu desejo. Um pequeno luxo, ofereço-me os lindos Adidas que da montra continuam a acenar-me, desavergonhados. Se eu mereço, é pergunta inevitável a que um sim gigantesco ecoa desde a ponta do cabelo à unha do pé. Hoje eu mereço, e aproveito a campanha porque amanhã é outro dia e, há por certo, numa qualquer esquina aguardando por mim aquele terrível sentimento de 'imerecimento' que atravanca o caminho dos que estão sempre a pedir desculpa por ter nascido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:59

É linda a calçada portuguesa

por Cláudia Matos Silva, em 04.08.14


Se queremos fazer o número Carris Bradshaw, Lisboa, é das piores cidades com a linda calçada que mais não é que um pesadelo para os pés dessas princesas citadinas. As que arriscam, lembram um soneto de Camões, lá vão elas, não pela verdura mas a deambular a cintura no topo do que parecem andas, formosas mas muito pouco seguras. Não dispenso o calçado confortável para bem palmilhar a nossa capital. Isso e uma queda aparatosa do alto dos meus Aldo, afloraram-me as faces que rosaram de vergonha. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:09

As rendinhas da querida

por Cláudia Matos Silva, em 14.07.14


Falta-me todo e qualquer talento para trabalhos manuais, isso não quer dizer que não aprecie artesanato, bem pelo contrário, sou absolutamente feliz nas feirinhas. Estes sapatos, lembram as obras que a minha mãe fazia quando era uma digníssima dona de casa, mas agora com as modernices nem um bolo de yogurt é capaz de fazer. Por outro lado oferece-me sapatos tão bonitos como estes. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:33

Coisas que nós podemos!

por Cláudia Matos Silva, em 08.07.14


...Usar calças arregaçadas, mais ou menos como quem se vai aliviar à vinha. G. designa esta tendência de 'peixe peixe' lembrando a tradição pesqueira do povo português. Quem quiser pode usá-las como bem entender, mas verdade seja dita, ficam muito melhor em nós do que nesses matulões a pingar gel e testosterona.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:30

Baby Pirosa

por Cláudia Matos Silva, em 27.06.14


Baby Pirosa regressa com a sugestão de uma pechincha. Sapatinhos de princesa estão na moda, não só pela delicadeza aos nossos pés, mas são francamente confortáveis. A tendência é mostrar os dedinhos ( e pedicure em dia). Por menos de 7 euros no Jumbo encontram-nos em várias cores. Por ser um calçado neutro, e às mais talentosas em trabalhos manuais, aproveitem para estilizar o vosso calçado. Descubram material interessante na caixa de costura da avó; botões, restos de tecido entre outros mimos que farão dos vossos sapatinhos, uma peça personalizada. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

Pirosas sem vergonha

por Cláudia Matos Silva, em 13.05.14


Saldos Seaside, menos de 10 euros e o irresistível formato 'gatinho'. É o problema de não puder trazer os felinos 'a bem' sempre comigo. As meninas que insistem em não crescer, encontram estratégias um pouco palermas de andar com os seus gatos sempre por perto. Quem nos olha, aponta o dedo, ri e troça, mas há muito que perdemos a vergonha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:29

O meu momento 'bling bling'

por Cláudia Matos Silva, em 04.05.14


Nem tudo o que luz é ouro, nem sei se é pela falta de ouro nos nossos bolsos em geral mas as miúdas giras desta cidade em particular usam e abusam dos dourados. Se ao início julguei ser uma marca de mulheres mais arrojadas e que gostam de chamar sobre si todas as atenções, hoje parece-me simplesmente um apelo ao sorriso. É impossível olhar para um par de sapatos e não sorrir, seja porque motivo for, os nossos olhos fixam-se nos pés alheios, os tais que calcorreiam a calçada portuguesa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:48

Caprichos de uma morangosca

por Cláudia Matos Silva, em 26.04.14



O meu aniversário aproxima-se, e porque tenho tudo, e o que realmente me falta não posso comprar, tendo a sentir-me pressionada na hora de escolher um presente. Mas desta vez quase casualmente bati os olhos neste fio cuja marca não adivinha nada de bom no que ao preço diz respeito. O mundo é dos espertos ou então dos desenvergonhados, mas como não sou nem uma coisa nem outra, é meu fadário ser 'pobrezinha', por isso está decidido será o meu próprio presente, porque não é justo que alguém pague pelos caprichos de uma menina que já tudo tem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

Baby Pirosa

por Cláudia Matos Silva, em 15.04.14


Sapatinhos de princesa, gosto tanto. Comprei-os o ano passado na Zara por pouco mais de 20 euros para a estação do Outono/Inverno. Devido ao violentíssimo tempo de que temos sido vítimas, chuvas torrenciais e um frio de rachar que me leva a queixumes desmedidos, tenho optado por botas ou botifarras e os sapatinhos de princesa estão praticamente novos na caixa. Hoje levo-os a passear. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:11

Baby Pirosa

por Cláudia Matos Silva, em 11.04.14

 

Des que passei a ser forreta, por perceber que o dinheiro não cai do céu nem nasce nas árvores, improviso nos pequenos cuidados do dia a dia.

 

Limpeza de pele por exemplo, em três passos:

 

1º passo - Aplicar um esfoliante. Não precisa ter marca, pode ser comprado numa grande superfície comercial e dos mais baratos

 

2º passo - Depois de remover o esfoliante com água tépica aplicar uma grossa e uniforme camada de creme nívea por toda a cara e fazer uma máscara. Deixar actuar 10/15 minutos

 

3º passo - Remover o creme nívea com discos de algodão e aplicar a loção definitiva, de dia ou noite, depende o caso de cada pessoa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:54


Sem Título22.png

 




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D




page visitor counter