Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O natal é no palato

por Cláudia Matos Silva, em 09.12.14

destaque_8.jpg

 Esperar um ano inteiro por uns biscoitos, para quem se recusa a ficar numa fila como para o Santini, é doloroso. Um ano inteiro a sonhar com os biscoitos da Hussel, chegam em Novembro e em Janeiro pura e simplesmente desaparecem do mapa. Há quem diga, sabem a um bolo tradicional da madeira, a mim sabe-me a natal, e mais não preciso dizer. A magia dos sentidos, nem luzinhas intermitentes das varandas dos vizinhos ou 'pais natal' farçolas pendurados ao parapeito, tudo é bem mais simples com o veludo do biscoito da Hussel, o mel suaviza a mistura de especiarias. Espesso,  mole e crocante, tudo ao mesmo tempo, enquanto o palato se refaz dessa experiência orgasmante. Não o natal não é quando uma mulher quiser, mas uma vez por ano quando a Hussel repõe o stock das exóticas bolachinas, excelentes para a mesa da consolada acompanhando um vinho quente. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:28



Sem Título22.png

 




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D




page visitor counter