Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ditos suicídas

por Cláudia Matos Silva, em 04.05.15

010-vivien-leigh-theredlist.jpg

 

 

'A última mulher que pisou a linha, foi colhida por um comboio.' 

 

Apanhei-a, à frase, não à mulher suicída, algures de relance numa publicação do facebook. Gostava de ter lançado a mão a essa mulher, mas também julgo que é seu o direito de partir. Aliás, a última mulher que pisou a linha para ser estraçalhada pelo comboio, foi cuidadosa no seu esquema. A mãe de Noo estava farta de viver, o filho completava 18 anos, uma vida a dependender de comprimidos para o que se dizia ser um problema 'dos nervos', dores que da alma se fixavam em cada uma das suas vértebras, como se na coluna carregasse as lágrimas do mundo inteiro. A mãe de Noo não ameaçou ou estrilhou, nunca se entupiu em comprimidos dinamitados com alcool puro. Queria morrer e pronto. Ninguém tinha nada a ver com isso, e por muito que soubesse que na boca dos conhecidos passaria por uma tresloucada e egoísta, entregou-se à morte, deitando-se numa minha curva e estreita. Ninguém a podia salvar e nem o maquinista conseguiu parar a tempo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:11



Sem Título22.png

 




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D




page visitor counter