Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A besta que há em nós

por Cláudia Matos Silva, em 08.12.15

desmond+morris+3.jpg

'...os antropologistas da velha escola argumentariam que os grupos tribais tecnologicamente elementares estão mais próximos do fulcro da questão do que os memebros das civilizações mais avançadas. Eu não concordo. Os grupos tribais simples que ainda hoje existem não são primitivos, mas estupidificados. Há milhares de anos que não existem verdadeiras tribos primitivas. O macaco pelado é essencialmente uma espécie exploradora, e toda a sociedade que não foi capaz de avançar constitui um falanço, 'seguiu um caminho errado'. 

 

...teimamos em continuar a baixar a cabeça perante a nossa condição animal e a admitir tacitamente a existência da besta complexa que se agita dentro de cada um de nós. Se formos honestos, teremos de reconhecer que ainda serão precisos vários milhões de anos, para transformar essa besta, através do mesmo processo genético de selecção natural que a conservou dentro de nós. Entretanto, as nossas civilizações incrivelmente complicadas somente conseguirão prosperar se nós as concebermos de forma que não combatam, nem tentem suprimir, as nossas profundas exigências animais. Infelizmente, o nosso cérebro pensante nem sempre está de acordo com o nosso cérebro emocional. Numerosos exemplos ilustram de que modo as coisas se desorientam, em certas sociedades humanas que ruíram ou se tornaram estupidificadas.'

 

'O macaco nu' Desmond Morris

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:55



Sem Título22.png

 




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D




page visitor counter